Páginas

segunda-feira, 30 de maio de 2011

19 ° dia flores de papel, borboletas que não me dão medo e me levam ao céu!

era noite, estava super cansada ! pronta pra uma bela noite de sono! e então dormi!e pela primeira vez em meses consegui ter um bom sonho para colocar aqui!


Era tarde, eu estava mergulhando em um rio, um rio com uma agua cristalina! uma lagoa, azul! e então sai de lá... Encontrei amigos pelo caminho, mas não era eles quem eu procurava! eu procurava um alguém que apenas em meus sonhos eu iria encontrar! só que eu estava perdendo as esperanças, por que eu já estava em um sonho, e fiquei com muito medo de não encontrar esta pessoa , que nem ao menos eu sabia quem era!
Foi então que de-repente, tudo começou a escurecer, o jardim de flores de papel pegou fogo, feras comeram, aquelas nuvens de algodão que estava no céu, o rio de agua azul secou, e as frutas de chocolate apodreceram, eu naturalmente fiquei assustada, e perguntei pra uma senhorita que esta ali por que isto havia acontecido, e ela me falou que todo aquele lugar dependia de mim, se eu estava feliz, estava sol, se eu estava triste, chovia, se eu estava amando, tudo era maravilhoso, se eu estava com medo tudo era destruição, e era o que estava acontecendo! 
Então eu tentei ficar feliz ao máximo, e nos meus sonho eu mesma construí meu mundo perfeito, onde nem as borboletas me assustavam, transformei tudo aquilo em um lugar em que eu podia apagar e refazer tudo, eu fiz um mundo desenhado por mim, onde as borboletas me levavam ao céu, em nuvens de algodão docê que faziam chover pequenas gotas de leite com chocolate!
e foi ai que eu encontrei quem eu procurava impacientemente! eu encontrei a felicidade!
e então acordei!
Pena que foi só um sonho!

segunda-feira, 16 de maio de 2011

18º dia!

Olá,acabei de chegar da escola! no caminho acabei caindo um belo de um tombo com minha bicicleta, quando cai percebi que logo no pé da arvore havia um pequeno formigueiro e que no galho havia um ninho de passarinhos, e isto foi o suficiente para aparecer em minha mente milhares e milhares de duvidas que lotavam completamente minha mente!
Passei o resto da minha tarde pesquisando sobre aqueles seres tão pequenos! e de tanto ler adormeci!
E deste cochilinhio venho um louco sonho!
Eu estava andando no galho de uma arvore de bicicleta, e por mais estranho que fosse , aquela arvore era uma cidade, eramos todos minúsculos , as casas, os prédios, as lojas,as ruas, era tudo muito pequeno... e os animais eram gigantescos, as formigas podiam nos esmagar, o pescoço da girafa parecia nunca acabar, e os passarinhos, pareciam-se mais com enormes dragões . Todos dias muitas pessoas eram pisoteadas por animais que não has enxergavam! muitas de nossas casas eram derrubadas pelo vento da respiração de um cachorro! 
Tínhamos medo de tudo, vivíamos nos mudando pra lugares mais seguros!
mais um dia não teve como fugir, nossa arvore foi atacada por um bando de pássaros enormes, que nos comia feito formiguinhas!  e ai foi quando eu cai da arvore! no sonho fiquei inconsciente, e fui acordada por uma enorme gota de orvalho que caiu sobre mim, por pouco não me afogo, eu tinha muita dificuldade em andar, pois vivia caindo nos buracos enormes feitos pelas patas de um cachorro! e foi em tão que um gato enorme tentou fazer de mim sua janta! e com o susto eu acordei!

terça-feira, 10 de maio de 2011

16º dia... entrando num louco mundo de cores e pinturas

Bom hoje pela tarde.. Meu pai me deu um quadro, que tinha uma fada super linda desenhada, eu gostei tanto tanto que acabei levando isto para meu sonho que foi mais ou menos assim:
 Era uma noite bem linda e estrelada, a lua parecia enorme, e eu podia ajustar seu tamanho com minhas mãos.
Apesar de super legal não era a lua que me chamava atenção, era aquele quadro que tinha uma fadinha.
Por um instante me destrai e parei de olhar para o quadro,  e de repente eu tive a istranha impreção de que a arvore havia se mechido...
Fui conferir melhor, e então resolvi colocar a mão no quadro! quando percebi que minha mão trânspasava a imagem e se fazia parte dela, e então eu imaginei, por que não entrar? é só um sonho mesmo!
E então entrei naquele lindo quadro e pela primeira vez na vida eu me senti um desenho vivo!
Era muito legal, eu podia apagar e refazer cada parte de meu corpo quantas vezes eu quisesse e refazer!
e então resolvi falar com aquela fadinha que estava logo abaixo da arvore...E então fomos voar, 
vomos muito auto, passamos por vários lugares,  passamos em um campo com cogumelos gigantes, onde parecíamos mais formiguinhas..
Andamos tanto neste sonho que cheguei até ficar cansada , ai eu deitei em baixo de um girassol gigante, me cobri com uma folha de rosa e fechei meus olhos profundamente e então acordei!

domingo, 1 de maio de 2011

15º dia!

Eu estava correndo em um bosque onde tinham espinhos de rosas... eu tinha uma confiança de que ia superar as minhas dificuldades e que ia chegar em meu objetivo.Eu pisava em rosas cobertas de espinhos, passava por jardins que eram lindos por caminhos que pareciam sólidos e mais faceis, mais que na verdade era falsos que eram apenas grandes possas cheias de lama! e eu passava por isto tudo sem me ferir ou sentir dor...
Tudo era tão lindo, até as trevas para mim não pareciam  mais tão escuras...nada naquela momento acabava com minha alegria, nada era mais forte que eu....E eu acordei feliz por que pelo menos eu um sonho em um dia de um sonho eu tive horas e horas de glória até eu acordar pro mundo real